segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Almoço de Domingo.

Que Saudades dos almoço de domingo, do barulho, das brigas, da minha mãe na cozinha preparando o almoço, enquanto meu pai entrando saindo, abre e fecha a geladeira, pega cerveja, no som toca do melhor do brega, varia de Amado Batista, Leandro e Leonardo, Diana, Odair José, e idola da minha mãe Ângela Maria, a cantar " Cinderela, Cinderela, menina moça, coração a palpitar" e minha mãe a gritar acompanhando a musica.
Quando campainha toca, minhas tias, filhos e maridos, a zona está completa, eu me tranco no quarto tentando estudar, ou ver algum filme, e as tia chega e beijando, chamando pra me juntar a eles, meu desespero, cresce quando entra o primo encapetado, e ja corre em direção da minha coleção bonecos, meu coração gela, quando a mãe pega um e da na mão da criança pra brincar, minha simpatia desaparece, no ato, fecho a cara, avanço na mão da criança e pego o brinquedo, guardo e o choro começa a tomar conta do ambiente, minha mãe ja sobe e começa a gritar pra eu dar o boneco pro infeliz, eu me nego e começa a gritaria eu expulso todos do meu quarto, tranco a porta colo meu walkman, no ouvido e aumento o som e acabo dormindo, acordo com meu pai, me chamando com meu prato de comida.
hoje não tem nem almoço aos domingos, tem, sem mãe em casa, pai, não bebe mais, visitas de família nunca mais. a coleção de bonecos estão perdidos numa caixa que fica no sótão. .

2 comentários:

Dougras disse...

EMOCIONANTE ESSE TEXTO. TBM SINTO FALTA DOS ALMOÇOS DE DOMINGO EM SOROCABA

Anônimo disse...

MUITO TRISTE, TOCANTE!!! PRINCIPALMENTE PQ TAMBEM SINTO FALTA DE MUITAS DESSAS COISAS, DESSAS PESSOAS... SO NÃO PODEMOS NOS DEIXAR SE PERDER E VIRAR LEMBRANÇA. O NOSTAGICO É IMPORTANTE, MAS NAO PODEMOS FICAR NO PASSADO.
PARABENS, PEDRA BRUTA!!!