sexta-feira, 10 de setembro de 2010

PINCELADA MATINAL

“Não quero ter razão, quero ser feliz”
(Ferreira Gullar, 80 anos, poeta e cronista, vencedor do Prêmio Camões deste ano, em que vai lançar seu mais recente trabalho Em alguma parte alguma)
“A gente sofre muito. O que é preciso é sofrer bem, com classe, com serenidade de quem já é iniciado no sofrimento. Não tirar dele uma compensação, mas um reflexo”
(Trecho das Correspondências de Clarice Lispector)

Nenhum comentário: