segunda-feira, 15 de novembro de 2010

PINCELADA MATINAL

“Nunca recuperamos tudo que ficou para trás e, muitas vezes, nem queremos, para flutuarmos na delícia do imaginário”
(Trecho da crônica O perfume de um almoço em Vera Cruz, pelo jornalista e escritor Ignácio de Loyola Brandão. Caderno2 – O Estado de S. Paulo de 05/11/2010)

Nenhum comentário: