sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

sitio

Mais um momento saudosista
Adorava ir pro sitio do meu avô, tinha muito espaço, arvores para subir e pular delas, me arrebentar, chorar, correr, ganhar doces.
Não gostava de ir com ninguém, ter que dividir atenção era muito chato preferia ir sozinho, era melhor assim. Todas as minhas vontades eram feitas.
Eu não fui mimado.
Eu era muito simpático, mas era muito feio tinha ganhar atenção no berro.
Fica esperando meu avô chegar da roça para brincar de “guéinha”, era muito bom, me acabava de tanto ri.
Ouvíamos discos na vitrolinha a bateria, foi com ele que aprendi a gostar do Luiz Gonzaga, tinha outro disco que gostava Leo Canhoto e Robertinho, acho que é isso.
Enquanto isso minhas avó fazia a comidinha no fogão a lenha.
Fica esperando minha avó preparar o prato para comer o bolinho de feijão que minha vó amassava, huummm que delicia, molhava o bolinho no caldinho de feijão com pimenta de cheiro.
Tomar umbuzada até fica com dor de barriga.
Derrubar casa de marimbondo.
Assar castanha de caju, ficar olhando a castanha pegar fogo, ter medo da mãe d’água no barreiro.
Enfim Se eu me lembrar de mais alguma coisa volto a escrever sobre o assunto

Nenhum comentário: