segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Amigo


Amigos,

Tenho poucos e bons amigos

Nem sempre são presentes

Mas mesmo assim são bons

De vezes em quando aparece um novo

As vezes os velhos ficam enciumados e desaparecem

Ou eu desapareço

Me fecho na minha caixinha

Mas sempre tem um amigo que vem e me tira da caixinha

Mas eu sempre volto

E lá adormeço

Até que outro venha

E quando saiu um bom e velho amigo já partiu

Sem dizer adeus

Eu tenho pouco e bons amigos.

Nenhum comentário: